Assista aos vídeos das RedesFito. Clique aqui.

Arrow up
Arrow down
logotipo redesfito

 
A AGROECOL 2018 será realizada no período de 11 a 14/11/18, no campus da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, na cidade de Campo Grande, estado de Mato Grosso do Sul, na região Centro Oeste do Brasil. A AGROECOL 2018 compreende os seguintes eventos:

3º Seminário de Agroecologia da América do Sul;

5º Seminário Estadual de Educação do Campo;

7º Seminário de Agroecologia de Mato Grosso do Sul;

6º Encontro de Produtores Agroecológicos de Mato Grosso do Sul;

3º Seminário de Sistemas Agroflorestais em Bases Agroecológicas de Mato Grosso do Sul.

A programação do Agroecol 2018 será composta por uma Mesa Redonda Magna, 6 Mesas redondas com palestrantes nacionais e internacionais, discussões em grupos, minicursos e oficinas, vídeos de curta duração, apresentação de trabalhos técnico-científicos e de experiências individuais e coletivas em Agroecologia, tendo como tema central “SISTEMAS AGROALIMENTARES, SOCIOBIODIVERSIDADE, SAÚDE E EDUCAÇÃO: DESAFIOS E PERSPECTIVAS”.

Os eventos serão promovidos pela Sociedade Científica Latino Americana de Agroecologia, Associação Brasileira de Agroecologia, Fórum Brasileiro de Educação do Campo, Comissão Estadual de Produção Orgânica de Mato Grosso do Sul e Sociedade Brasileira de Sistemas Agroflorestais.

A Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, a Fundação Oswaldo Cruz/MS, a Universidade Federal da Grande Dourados, a Embrapa Pantanal, e a Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural de Mato Grosso do Sul serão os responsáveis pela realização dos eventos.

A Programação no dia 13/11/2018 (08: h) terá uma Mesa Redonda com o tema Agroecologia e Saúde Coletiva: convergindo para a soberania popular. A Mesa será mediada por Fernanda Savicki de Almeida, da Fiocruz Mato Grosso do Sul, e contará com a participação do pesquisador da Fiocruz/Farmanguinhos e das RedesFito, Glauco Villas Boas.

 

Mesa 1 – Apresentações:

Práticas agroecológicas e promoção de saúde pública

Apresentador:   Glauco de Kruse Villas Boas – Farmanguinhos/ Fiocruz.

O impacto dos agrotóxicos na saúde coletiva e agroecologia como alternativa

Apresentadora:   Francileia Paula de Castro – Engenheira Agrônoma da Fase – MT e membro da coordenação nacional da Campanha Permanente Contra o Uso de Agrotóxico e pela Vida.

Agroecologia e saúde popular na perspectiva dos movimentos sociais do campo.

Apresentadora:   Maria Ferreira da Costa – Coordenadora do Setor de Saúde do MST - MS.

Agroecologia y Salud Popular: La experiencia de Bolivia.

Apresentador:   Ana Isabel Ortiz Tito – Universidad Autônoma Gabriel René Moreno – Sta. Cruz de La Sierra/Bolívia.


Saiba mais na página do evento.