Assista aos vídeos das RedesFito. Clique aqui.

Arrow up
Arrow down
logotipo redesfito

Bioma Amazonia

O bioma amazônico conta com uma sócio-biodiversidade extremamente vasta, o que dá à região características únicas se comparada a qualquer outra região do mundo. Ocupando uma área de mais de 6,9 milhões de quilômetros quadrados, que se estendem por nove países sul-americanos (Brasil, Bolívia, Peru, Colômbia, Equador, Venezuela, Guiana, Suriname e Guiana Francesa), o bioma conta com mais de 30.000 espécies de plantas, sendo mais de 5.000 espécies de árvores, milhares de espécies animais – entre mamíferos, aves e insetos -, além de inúmeros grupos indígenas, quilombolas, ribeirinhos e demais povos da floresta. Conta, também, com a maior bacia hidrográfica do mundo, a bacia amazônica, cobrindo uma área de mais de 6 milhões de Km2. Assim, a região amazônica se torna área de grandes disputas e interesses econômicos de atores nacionais e internacionais.

 O geógrafo Carlos Walter P. Gonçalves destaca a complexa diversidade da região e afirma:

“Habitar esses espaços é um desafio à inteligência, à convivência com a diversidade. Esse é o patrimônio que as populações originárias e tradicionais da Amazônia oferecem para o diálogo com outras culturas e saberes. Há um acervo de complexos conhecimentos inscritos em práticas medicinais, em remédios, em domesticação de plantas e animais em meio à floresta; na culinária, em plantas aromáticas e cosméticas, além de uma estética, de complexos códigos para se relacionar com o desconhecido e com o misterioso, por meio de suas cosmogonias e religiosidades em que, quase sempre, por todo lado, tudo se relaciona com tudo, num holismo que vê que a caça e a água fugindo, quando a floresta é queimada e, com isso, vê fugirem seus espíritos.” (em Amazônia, Amazônias)  

No Brasil, a Amazônia se estende por mais de 49% do território, proporcionando ao país uma riqueza estratégica e uma posição privilegiada para discussão política e tecnológica. Porém, tal riqueza encontra-se ameaçada pelo desenvolvimento econômico descomprometido com a sustentabilidade sócio-ambiental. Queimadas, biopirataria, caça ilegal, desmatamento, manejo inadequado de recursos pesqueiros, o avanço da pecuária e da agricultura comercial predatória, além das mudanças climáticas, são alguns exemplos de ameaças à sobrevivência do bioma. Propostas de ordenamento territorial têm sido elaboradas para viabilizar o desenvolvimento racional da região, mas, apesar disso, o difícil controle sobre as atividades ilegais continuam sendo um entrave para a implementação de políticas de desenvolvimento baseada na sustentabilidade.

Segundo a “Carta de Manaus”, que instituiu a REDEFITO AMAZÔNIA em agosto de 2007, a criação desta rede representou “a coroação de um longo processo de discussão e articulação para dividir com os diversos segmentos da cadeia produtiva a responsabilidade da condução e direcionamento do desenvolvimento de medicamentos a partir do uso racional da nossa biodiversidade, praticando o conceito de que a inovação é um processo social.” Tal rede representava a possibilidade de desenvolvimento de um protótipo norteador para o Plano de Ação da PolíticaNacional de PlantasMedicinais e Fitoterápicos, estabelecendo condições favoráveis à produção de fármacos e de medicamentos originados na biodiversidade brasileira, mobilizando toda a cadeia produtiva da região. Nesse sentido, foram desenvolvidas inúmeras articulações e diversas ações objetivando a elaboração de projetos ligados ao desenvolvimento regional e à promoção da inovação em medicamentos da biodiversidade na Amazônia brasileira.

Atualmente, a REDEFITO Amazônia conta com 6 Arranjos Produtivos Locais (APLs) mapeados e identificados, contando com parceiros estratégicos para potenciais projetos de inovação. Ao mesmo tempo, a REDEFITO Amazônia possui um caráter diferenciado por atrair interesse especial de diversos setores e apresentar dinamismo próprio, através de suas próprias articulações, que contribuem para as atividades inovativas na região.

 
 

{galeria}amazonia{/galeria}